Programa

 

 

2ª 17/09

3ª 18/09

4ª 19/09

5ª  20/09

6ª 21/09

8:00-10:00  

Minicursos

1, 2, 3

Minicursos

1, 2, 3

Minicursos

4, 5, 6, 7

Minicursos

4, 5, 6, 7

10:00-10:20

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ônibus Aeroporto e UnB para Vila Velluti Hotel

Saída 14:30

Intervalo Intervalo Intervalo Intervalo
10:20-11:00 C1 C4 C7 C10
11:00-11:20 P1 P10 P19 P24
11:20-12:00 C2 C5 C8 Encerramento
12:10-14:00 Almoço* Almoço* Almoço* Almoço*
14:00-14:20 P2 P11 P20 Saída 14:00
14:20-14:40 P3 P12 P21  
14:40-15:20 C3 C6 C9  
15:20-15:40 P4 P13 P22  
15:40-16:00 P5 P14 P23  
16:00-16:30 Coffee-break Coffee-break    
16:30-16:50 P6 P15    

16:50-17:10

 

Entrega de Materiais aos Inscritos

16:00-18:00

P7

P16

 

 

17:10-17:30

P8

P17

-

 

17:30-17:50

P9

P18

 

 

18:00-18:20

Abertura

Pôster

 

Pôster

 

-

 

18:20-19:00

Palestra de Abertura

 

 

19:30-21:30

Jantar de Confraternização

Jantar*

Jantar*

Jantar*

 

*Para os participantes hospedados no hotel.

 

Palestra de Abertura:

 Prof. Paulo Augusto Netz, UFRGS, Novos métodos de simulação em ácidos nucleicos;

Conferências: 

C1 - Prof. Alexander Brown, University of Alberta, Canadá, Two-photon absorption for biological imaging: Insights from computation;

C2 - Prof. Benedito José Costa Cabral, Universidade de Lisboa, Portugal, Dinâmica molecular ab initio e propriedades eletrônicas de sistemas complexos;

C3 - Dr. Peng Tao, SMU, USA, Developing novel computational methods to explore protein allosteric mechanisms through Markov state models and machine learning methods;

C4 - Prof. Francesc Illas, Universitat de Barcelona, Espanha, Accurate simulation and prediction of properties of realistic oxide nanoparticles of interest in photocatalysis;

C5 - Adam Pecina, Ph.D., IOCB, Prague, República Checa, Semiempirical-based Scoring Function: Fast and Accurate Binding Affinity Prediction Tool;

C6 - Prof. Piotr de Silva, DTU, Dinamarca, DFT modeling of organic materials for energy storage applications;

C7 - Dr. Gjergji Sini, Université de Cergy-Pontoise, França, On the molecular origin of charge separation in organic solar cells: theoretical and experimental insights;

C8 - Profa. Paula Homem de Mello, UFABC, Modelos híbridos para terapia fotodinâmica, sensores e células solares;

C9 - Prof. Gabriel Luiz Cruz de Souza, UFMT, Antioxidant activity of myricetin-like compound;

C10 - Dra. Érica Cristina Moreno Nascimento, UJI, Espanha, Acetylcholinesterase Inhibitors through Molecular Docking Simulations: A critical Overview;

Apresentações Orais: 

P1

17354

Cálculo teórico de propriedades estruturais e energéticas de grafeno e óxido de grafeno

Beatriz Costa Guedes

P2

17356

Gas-Sensing Properties of Noble Metal Decorated Carbon Nanotubes

Kleuton Antunes Lopes Lima

P3

17361

BOPP software: parallelization strategies for a good load balancing

Carlos Vital Dos Santos Júnior

P4

17561

Lewis acid-base adducts studied by the chemical bond overlap model

Ewerton Matias de Lima

P5

17421

Development of classical models for the description of QM properties in photoinduced processes: the case of peridinin

Ingrid Guarnetti Prandi

P6

17457

Study of the effects of aqueous solvation on the structure of glucosamine using the Car-Parrinello molecular dynamics

Lilian Tatiane Ferreira de Melo Cmargo

P7

17373

Electron Scattering by HOOCl Molecules

Mylena Hortz Ribas

P8

17500

Ionic liquid simulations: Classical force field fails in structure description of [C4C1Im][BF4]

Kalil Bernardino

P9

17518

Comparison Between Configurational Bias Monte Carlo and Molecular Dynamics Sampling for Sampling Conformational Stability with High Energy Barriers

Henrique Musseli Cezar

P10

17520

Estudo computacional da interação entre o elemento de terra rara lantânio e os extratantes DEHPA e P507

Julio Cesar Guedes Correia

P11

17531

The interaction between Rg and the chiral molecule propylene oxide

Patricia R P Barreto

P12

17549

Influência da dopagem com Fe nas propriedades estruturais e eletrônicas do TiO2 anatase e rutilo

Renato Garcia de Freitas Sobrinho

P13

17544

The intrinsic strength of non-covalent interactions described by coupled cluster theory.

Vytor Pinheiro Oliveira

P14

17545

Modelagem de Novos Inibidores das Metaloproteinases da Matriz (MMPs) Baseados em Ligantes ZBGs Derivados das Tetraciclinas

Bruna Luana Marcial

P15

17550

Espectroscopia em UV-VIS do pireno isolado e em água

Eric Lobato Graef

P16

17552

A 13C chemical shift station factor for polyphenols with replaced chalcones

Thais Forest Giacomello

P17

17555

Propriedades Termodinâmicas da Interação de Solventes Orgânicos com Fulerenos

Laryssa Missias de Faria

P18

17557

Revealing the retrodonation effect by the chemical bond overlap model in organometallic systems

Carlos Vital Dos Santos Júnior

P19 17559 Unvealing the semiconductors properties Amanda Fernandes Gouveia

P20

17568

Ab-initio Calculations of Diffusion Lengths and Diffusivities for Singlet Excitons in Organic Materials

Fernando Teixeira Bueno

P21

17575

Efeito de desordem energética na dinâmica de éxcitons em cristais de tetraceno

Marina Pinheiro Dourado

P22

17577

Estudo de estrutura eletrônica da interação de inibidores da proteína Tirosina Quinase Abl-Bcr na forma mutada frente a forma selvagem

Washington Almeida Pereira

P23

17578

Theoretical Study of Doped Fullerene for Transport and Detection of Carbamazepine

Rodrigo Aparecido Lemos Silva

P24

17606

Theoretical Kinetic Studies of the Hydrodehalogenation Reaction of CBrClF2 (Halon-1211)

Alessandra Ferreira Albernaz

 

Minicursos:

1. Prof. Sergio Galembeck, FFCLRP, USP, Ligação química: aspectos contemporâneos .

2. Prof.  Alejandro Lopez Castillo, UFSCar, Algumas Questões Simples e Fundamentais em Sistemas Atômicos e Moleculares.

3. Dr. Tiago Espinosa de Oliveira, ICS-CNRS, Hands-on building blocks – uma metodologia aplicada à dinâmica molecular de sistemas polímericos

4. Prof. Paulo Augusto Netz, UFRGS, Termodinâmica do não equilíbrio: diferentes abordagens

5. Prof. Renato Garcia Freitas Sobrinho, UFMT, QuantumESPRESSO

6. Prof. Luiz Guilherme M. de Macedo, UFPA, Cálculos ab initio aplicados à astroquímica

7. Prof. Ricardo Luiz Longo, UFPE, Dinâmica de reações, mecanismos e seletividade

 

 

 

RESUMO DOS MINICURSOS:

 

Algumas Questões Simples e Fundamentais em Sistemas Atômicos e Moleculares

Problemas fundamentais e simples em sistemas atômicos e moleculares serão considerados com a finalidade de ilustrar alguns tópicos geralmente ignorados:

1) Algumas transformações auto adjuntas especiais aplicadas à equação de Schrödinger, por exemplo, para o átomo de hidrogênio, podem eliminar exatamente o termo de derivada primeira desta equação. A equação transformada pode ser facilmente interpretada em termos físicos, além disso, essas equações exibem uma componente de momento angular intrínseco de módulo meio, mesmo para o estado fundamental, ou seja, sem qualquer excitação.

2) As segundas soluções para o átomo de hidrogênio, obtidas a partir do polinômio de Legendre de segundo ranking, exibem comportamento quase unidimensional e possuem componente contínua, de modo que a ionização possa ocorrer.

3) As moléculas H2+ e H2 em 1-D e 3-D podem ser estudadas com métodos Clássico, Semiclássico e Quântico. Ainda que a descrição 1-D possa ser uma aproximação grosseira, várias questões importantes podem ser estudadas principalmente no que diz respeito à ligação química. Por exemplo, o H2+ em 1-D pode ser decomposto em configurações axial e medial. A configuração axial também pode ser subdividida em configurações próton-elétron-próton (ZeZ) (associada ao estado fundamental) e p-p-e (ZZe) (associada ao estado excitado).

 

Hands-on building blocks - uma metodologia aplicada à dinâmica molecular de sistemas polímericos.
 
Simulações de dinâmica molecular de sistemas complexos estão em contínuo desenvolvimento e, embora tenham se tornado ubíquas, muitas implementações ainda são necessárias para que as mesmas sejam executadas. No caso de sistemas biológicos a obtenção dos arquivos de entrada é consideravelmente mais simples do que para outros sistemas (e.g. polímeros). Muitas vezes, o pesadelo de realizar uma simulação de dinâmica molecular de um polímero sintético (ou mesmo outras moléculas que não estão disponíveis em bancos de dados dos campos de forças conhecidos) é a contrução da topologia do sistema. Para isso, a aplicação do método de building blocks, utilizado inicialmente no campo de forças GROMOS e implementado no pacote GROMACS, embora muito difundido no estudo de sistemas biológicos, é pouco empregado no estudo de novos materiais polímericos. Uma das vantagens da utilização desse método é a possibilidade da produção de estruturas com quantidades diferentes de monômeros e a geração automática da topologia com o auxílio do próprio pacote GROMACS.
 
Dinâmica de reações, mecanismos e seletividade

A dinâmica molecular de sistemas reativos tem sido importante na determinação dos limites e limitações de teorias estatísticas bem-sucedidas, como a teoria do estado de transição (TST) e a teoria RRKM no tratamento de reações bi- e unimoleculares. De fato, várias reações têm mecanismos e seletividades que são ditadas ou dirigidas pela dinâmica. Por exemplo, será mostrado que a seletividade da reação OH + CH3ONO2 é determinada pela dinâmica. Esta reação pode ocorrer via o deslocamento nucleofílico bimolecular no carbono (SN2@C) ou no nitrogênio (SN2@N), assim como a abstração de próton seguida da dissociação (ECO2). A razão experimental ECO2 : SN2@C : SN2@N é 0.86 : 0.14 : 0.0 e a teoria RRKM é incapaz de explicar estes resultados. Entretanto, simulações de dinâmica molecular de Born-Oppenheimer (BOMD) fornecem trajetórias quase-clássicas que explicam qualitativa e quantitativamente as observações experimentais. Nessa reação, o mecanismo SN2@N é suprimido pela blindagem eletrostática negativa ao redor do átomo de nitrogênio. Enquanto que o aumento da eficiência do caminho SN2@C é explicado pelas atrações eletrostáticas entre o grupo CH3 e o nucleófilo OH. As simulações BOMD foram também empregadas no estudo da dinâmica de desidratação de álcoois protonados derivados do pinacol, a saber, [(CH3)2(R)C-CH(OH2)CH3]+, em que R = CH3, CH3CH2, e (CH3)2CH. Esta reação tem dois mecanismos limites: i) concertado, em que a dissociação da água é concomitante com a migração do grupo alquila, e ii) em etapas, o qual envolve um carbocátion secundário, [(CH3)2(R)C-CHCH3]+, como intermediário. O perfil de energia da reação fornece o mecanismo concertado, independentemente do método de estrutura eletrônica utilizado. Contudo, trajetórias quase-clássicas partindo dos reagentes fornecem um caminho de reação em etapas, mostrando que a região do estado de transição é quase irrelevante para o mecanismo da reação. Os conceitos “concertado” e “sincronismo” são muito importantes em química, pois referem-se à relação temporal entre eventos. Por exemplo, a formação de duas ligações numa reação de cicloadição [4+2] ou Diels-Alder pode ser um evento síncrono ou assíncrono. Em geral, a assimetria da geometria do estado de transição é utilizada como um critério para estabelecer o sincronismo do evento. Foram estudadas as seguintes reações de Diels-Alder: H2C=CH2 + ciclopentadieno e H2C=CHX + 1,3-butadieno, em que X = H, F, CH3, OH, CN, NH2 e NO. Estas reações apresentam assimetria no estado de transição de variam de simétrica até altamente assimétrica de maneira quase contínua. Logo, espera-se que as sincronicidades das reações também variem de acordo com a assimetria. Entretanto, os resultados das dinâmicas a partir do estado de transição mostram que os critérios estáticos (assimetria do estado de transição) são muito limitados e fornecem resultados contraditórios. De fato, o intervalo temporal entre os eventos, isto é, a formação das duas novas ligações C–C, comparado ao período vibracional da ligação simples C–C nos produtos é um critério mais confiável e imparcial. Baseado nesse critério, todas as reações estudadas são classificadas como síncronas, exceto com o dienófilo H2C=CHNO, apesar dos graus de assimetria graduais e muito distintos das estruturas dos estados de transição. Estes resultados explicam também a alta eficiência das reações de cicloadição e, portanto, sua utilidade em síntese orgânica. Agradecimentos: CAPES, CNPq, FACEPE, FINEP, inct-INAMI, PRONEX-CNPq-FACEPE.

 

 

Fale Conosco

Contato

Fone

Secretaria